Tratamento para diástase: como oferecer resultados positivos para os seus pacientes?

Já pensou em conquistar novos clientes para sua clínica entregando resultados maravilhosos para quem busca tratamento para diástase? Graças a tecnologia, a estética permite isso hoje em dia sem a necessidade de intervenções cirúrgicas.

De acordo com dados da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), 30% das mulheres que já passaram por uma gestação sofrem com a diástase.

Como é um problema comum (muito mais em mulheres, porém homens também podem apresentar com a obesidade, por exemplo), a procura por soluções tem crescido exponencialmente. Como atender a demanda desse público? Continue acompanhando esse artigo para saber mais.

O que é diástase?

Muito comum durante a gravidez e no período pós-parto, a diástase é compreendida como o afastamento dos músculos do abdômen. Os sintomas estéticos podem ser o aspecto de barriga inchada e flacidez.

Além de ser um problema estético, a diástase pode provocar dores abdominais, na lombar e na região do assoalho pélvico, isso porque os músculos do reto abdominal oferecem sustentação para os órgãos internos e auxiliam dando suporte para a coluna.

É um problema que incomoda bastante as mulheres e por isso cresce cada vez mais a busca por tratamentos realmente efetivos.

Qual melhor tratamento para oferecer para os pacientes?

Para tratar a diástase, especialistas recomendam fisioterapia e em muitos casos cirurgias reparadoras. Porém, hoje em dia a estética já consegue entregar resultados excelentes com procedimentos modernos e não invasivos.

Um exemplo de tratamento eficiente é o equipamento Supramáximus que atua com a tecnologia de campo eletromagnético, responsável por provocar contrações musculares involuntárias penetrando nas camadas de pele e de gordura (até atingir o músculo).

Os aplicadores corporais do Supramáximus ao serem posicionados de forma estratégica na região do abdômen, tratam a diástase abdominal realizando a aproximação dos músculos retos abdominais e aumentando a espessura muscular.

Estudos mostraram que com duas aplicações por semana do Supramáximus durante um mês, já é possível observar a diminuição da distância entre os músculos abdominais em 16,7%.

Além disso, o equipamento ainda possui um novo manípulo que trata especificamente disfunções do assoalho pélvico (como incontinência urinária, fecal, dores abdominais entre outras). O Pelvic Up veio para complementar a gama de tratamentos do Supramáximus para a região do abdômen.

Tratamento para diástase: associação de protocolos

Com resultados tão expressivos, a clínica que utiliza o Supramáximus em seus protocolos consegue se destacar e faturar muito mais. Contudo, a utilização da radiofrequência, ultrassom de baixa frequência e LipoLed, proporcionam resultados poderosamente acelerados.

O equipamento que atua com essas três tecnologias citadas acima é o Hybrius, único que reúne no mundo que reúne 3 terapias consagradas.  Com a terapia híbrida do Hybrius é possível tratar: flacidez, gordura localizada, estrias e até mesmo pré e pós-operatório.

Com uma desenvoltura tão alta, quando associado às contrações do Supramáximus, se torna o melhor protocolo para o tratamento de diástase do mercado estético, possibilitando um grande faturamento para as clínicas que o aplicam.

Conclusão

O Supramáximus com toda a sua potência trata a diástase recuperando o abdômen dos pacientes de maneira rápida e não invasiva. Quando associado com outras tecnologias, é possível conquistar resultados ainda mais satisfatórios.

Agora que você já sabe como tratar a diástase e entregar resultados de alto impacto para o seu cliente, continue acompanhando nossos conteúdos e fique por dentro das novidades do mercado de estética e o caminho para fácil para faturar com a venda de protocolos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail