Terapia híbrida: rapidez para tratar gordura localizada, celulite e flacidez

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

O calor faz ressoar um alerta para as clínicas de estética que passam a atender muitos pacientes que buscam desesperadamente tratar gordura localizada, celulite e flacidez. A expectativa de longos períodos de pele à mostra, motivam a busca de procedimentos estéticos não invasivos que ajudam a amenizar os incômodos.

Felizmente, já existem métodos que agem diretamente no combate a essa tríade corporal que é motivo de preocupação para muitas pessoas, principalmente o público feminino.

Terapia Híbrida para tratar gordura localizada, celulite e flacidez

A terapia híbrida é a mais indicada para as clínicas que querem entregar resultados precisos para seus clientes. É um tratamento único no mercado que combina três tecnologias já bastante conceituadas no ambiente estético. Essas tecnologias podem tanto ser utilizadas juntas quanto de forma individual. Elas são:

· Lipoled Vermelho;

· Ultracavitação;

· Radiofrequência.

O Hybrius entrega os melhores resultados. Por isso, separamos algumas parametrizações da terapia híbrida (indicados pelo time de fisioterapeutas técnicas da Adoxy) que atuam de maneira efetiva no combate à gordura localizada, celulite e flacidez.

Parametrização da terapia híbrida para tratar gordura localizada

A terapia híbrida permite tratar a gordura localizada com as 3 tecnologias que citamos acima. A cavitação possui uma frequência de 40khz (frequência baixa) por isso atinge as gorduras mais profundas (até 6 cm de profundidade).

Quando queremos estimular a lipólise, é parametrizada a cavitação em potências menores que 45W, podendo iniciar o tratamento com 30W e ir evoluindo conforme as sessões.

Caso o objetivo seja levar os adipócitos a apoptose, que é a morte programada da célula de gordura, a potência utilizada é acima de 45W, podendo iniciar com 45W na primeira sessão e ir evoluindo o tratamento conforme a necessidade.

A radiofrequência do Hybrius tem um grande diferencial que é a liberdade de escolher qual frequência utilizar para cada afecção estética. Quanto menor a frequência, melhor será tratada a gordura localizada. É importante ressaltar que no tratamento com a radiofrequência, realizado entre 40ªC e 42ªC, a potência pode ser aumentada ou diminuída de acordo com o que o paciente suporta.

A terceira tecnologia, que é o Lipoled, também permite potencializar o tratamento para gordura localizada, o led do Hybrius possui comprimento de onda de 635nm e 110mW.

Parametrização da terapia híbrida para tratar celulite

O Hybrius sem dúvida é a tecnologia mais completa para tratamento de celulite, porém não é algo tão simples. Isso porque depende de uma avaliação minuciosa para entender o histórico da paciente e as causas da celulite. Neste momento é necessário identificar se há processo inflamatório, quais regiões estão afetadas e se há fibroses.

Para fibrose, o tratamento indicado é a radiofrequência, onde é importante identificar os locais atingidos e utilizar frequência entre 30MHz a 40 MHz (a temperatura que se deve atingir é de 36ªC a 37ªC). Diante deste cenário, o objetivo é trabalhar a reabsorção do colágeno e consequentemente tratar os pontos de fibrose.

Para flacidez tissular, o ideal é entrar com a radiofrequência após tratar qualquer processo inflamatório que a paciente apresentar na avaliação. Neste caso, é indicado: a drenagem linfática, posteriormente a cavitação para tratar os locais que apresentam acúmulo de gordura e a radiofrequência nos locais que apresentam flacidez.

Já o led é um grande aliado no tratamento de celulite, pois além de potencializar o efeito da cavitação e da radiofrequência, ele tem o efeito de fotobiomodulação celular – onde é possível potencializar o resultado com ativos e anticeluliticos.

Parametrização da terapia híbrida para tratamento de flacidez

A plataforma do Hybrius tem como diferencial a maior potência de radiofrequência do mercado, além da liberdade de poder parametrizar a frequência entre 1MHz e 40MHz, o que permite elaborar os melhores protocolos para a flacidez tissular.

A frequência para tratamentos de flacidez e rejuvenescimento é entre 30MHz e 40MHz e a potência no tratamento corporal pode iniciar com 300W, já no facial com 100W.

A potência é sempre ajustada durante o tratamento conforme sensibilidade do paciente e a temperatura que apresentar no termômetro infravermelho. No tratamento corporal pode ser acionado o lipoled, pois ele pode potencializar o tratamento de flacidez tissular.

Como vimos, a terapia híbrida é uma grande aliada das clínicas na hora de entregar resultados satisfatórios aos seus pacientes. Agora é a hora de tratar gordura localizada, celulite e flacidez.

Continue acompanhando nossos conteúdos aqui no blog e fique por dentro dos protocolos mais efetivos.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail