Confira as Novidades do Primeiro Artigo Científico sobre o Andrus Criofrequência

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Descubra as novidades sobre primeiro artigo científico sobre o Andrus Criofrequência.

Os tratamentos estéticos com o Andrus Criofrequência vem se popularizando no Brasil. As promessas de combate à gordura localizada, flacidez e benefícios como o rejuvenescimento fizeram com que a tecnologia se difundisse nacionalmente.

Essas promessas são verdadeiras, mas você sabe como ele funciona e por que ela funciona?

Você que deseja se aprofundar sobre o assunto continue lendo esse post!

O Tratamento

Primeiro vamos falar sobre o tratamento! Esse procedimento utiliza como base a tecnologia de radiofrequência combinada à criogenia (resfriamento da ponteira), provocando uma contração imediata no tecido, estimulando a produção de colágeno e elastina. Essa mistura (quente + frio) libera proteínas de choque térmico, como a HSP47, responsável pelo efeito lifting.

Já o choque térmico amplia a oxigenação e a dilatação dos vasos, aumentando consequentemente o metabolismo celular, além de desintoxicar o tecido, ocasionando a reorganização das fibras de colágeno.

Primeiro Artigo Científico sobre o Andrus Criofrequência: o que descobrimos?

Recentemente, uma pesquisa conduzida pela Drª Patrícia Froes sobre o Andrus Criofrequência, nos mostrou efeitos que comprovam cientificamente os resultados obtidos com a plataforma.

Descoberta número 1: as temperaturas atingidas durante o procedimento foram baixas na região superficial do tecido, entre 13ºC e 20ºC. Já no tecido profundo, a temperatura não passou de 38ºC ou 39ºC, temperaturas seguras e que apresentaram resultado clínico e científico.

Descoberta número 2: o colágeno estimulado é do tipo 1, o melhor no combate à flacidez.

Descoberta número 3: o Andrus Criofrequência realiza a apoptose! Isso mesmo, o choque térmico é responsável pela produção de proteínas como a HSP70 e HSP90, que estão relacionadas à morte programada das células de gordura (apoptose).

Quantos conteúdos científicos existem sobre a tecnologia?

A Adoxy foi pioneira mais uma vez e investiu na primeira pesquisa realizada no mundo sobre a tecnologia. Além disso, também é o primeiro estudo histológico, ou seja, o primeiro a apresentar resultados em tecido humano.

Esse é o único artigo científico sobre a tecnologia! Acompanhe nossas redes sociais e o nosso blog para ficar por dentro de todas as atualizações sobre o estudo.

Agora que você já sabe mais sobre o primeiro artigo científico sobre o Andrus Criofrequência, entre em contato conosco para conhecer mais sobre a plataforma.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail