Como funciona a depilação a laser e a LED

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os equipamentos de depilação a laser e a LED são capazes de emitir fontes de luz que danificam a estrutura de nutrição dos pelos. Uma vez danificado, aquele pelo nunca mais volta a crescer. Para que essa energia seja conduzida, é necessária a presença de melanina, substância responsável pela sua pigmentação. É por este motivo, por exemplo, que a depilação definitiva ainda não pode ser feita em pelos brancos.  

Os pelos possuem três fases de crescimento. É justamente durante a fase anágena, ou seja, o período em que ele está se desenvolvendo, que o tratamento é eficaz. Por isso, não é recomendado fazer nenhum procedimento que remova os pelos pela raiz durante as sessões de depilação definitiva, como cera ou pinça.  

 

Como houve a revolução na depilação definitiva? 

Agora que você já entendeu como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, vamos explicar de que forma o setor foi transformado por esta revolução tecnológica. Primeiramente, é importante reforçar que o único equipamento capaz de realizar a depilação a LED é o Holonyak, uma tecnologia exclusiva da Adoxy.  

O Holonyak foi um marco no segmento da depilação por atender a grandes anseios dos pacientes. O primeiro que vamos citar é em relação a dor das aplicações.  
 
Leia também: Você sabe qual é a depilação definitiva mais eficiente? 

Até então o grande incômodo durante o tratamento estava entre as principais reclamações de quem faz depilação definitiva. Isso porque os equipamentos convencionais utilizam uma luz quente durante a aplicação, que é justamente como funciona a depilação a laser. Essa característica causa um grande incômodo no paciente, que pode sentir até sensação de fisgada. O Holonyak é o primeiro a utilizar uma temperatura fria no tratamento. Ela age como um efeito anestésico, tornando toda aplicação bem confortável.  

 

A democratização da depilação definitiva  

Outro grande avanço da depilação a LED é que, devido ao feixe de luz do Holonyak ter um direcionamento mais focalizado, é possível atuar de forma eficaz no pelo, sem agredir a pele. Esse é um fator muito importante para as tecnologias de depilação, já que, ao utilizarem a melanina para destruir os pelos, há uma dificuldade em diferenciar o que é pele e o que é pelo, pois ambos são pigmentados por esta substância. É por isso que as peles com mais melanina, como negras e morenas, são contraindicadas para alguns tipos de depilação definitiva, sob o risco, inclusive, de sentirem muita dor.  

Além de ter um feixe de luz mais direcionado, as temperaturas baixas mencionadas anteriormente também permitem que o Holonyak consiga atender estes pacientes não só de forma eficaz, como também confortável e segura.  

 

Qual tratamento é mais rápido?

Para encerrar, vamos reforçar outro grande diferencial do Holonyak: o fim das sessões intermináveis. Estudos clínicos mostraram que a depilação a LED chegou a resultados expressivos a partir da terceira sessão, enquanto o laser necessitou de oito aplicações. Desse modo, para quem não quer gastar muito tempo para finalizar a depilação definitiva, o Holonyak também é um grande diferencial. Outra questão é que, como falamos acima, a capacidade de focar de forma mais eficaz no pelo faz com que as sessões sejam muito mais rápidas, já que não há necessidade de passar o equipamento várias vezes no mesmo lugar. 

Enfim, agora que você já entendeu como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, sabe que o equipamento utilizado faz toda diferença no seu conforto durante o tratamento! Por isso, antes de fazer a sua depilação definitiva, verifique sempre se a franquia ou clínica utiliza o Holonyak. Se informar sobre a tecnologia é fundamental para quem busca procedimentos que sejam realmente eficazes. Afinal, ninguém merece investir dinheiro e não chegar ao resultado desejado, não é mesmo? 

Para descobrir a depilação a LED mais perto de você, entre em contato: atendimento@adoxy.com.br 

Os equipamentos de depilação a laser e a LED são capazes de emitir fontes de luz que danificam a estrutura de nutrição dos pelos. Uma vez danificado, aquele pelo nunca mais volta a crescer. Para que essa energia seja conduzida, é necessária a presença de melanina, substância responsável pela sua pigmentação. É por este motivo, por exemplo, que a depilação definitiva ainda não pode ser feita em pelos brancos.  

Os pelos possuem três fases de crescimento. É justamente durante a fase anágena, ou seja, o período em que ele está se desenvolvendo, que o tratamento é eficaz. Por isso, não é recomendado fazer nenhum procedimento que remova os pelos pela raiz durante as sessões de depilação definitiva, como cera ou pinça.  

 

Como houve a revolução na depilação definitiva? 

Agora que você já entendeu como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, vamos explicar de que forma o setor foi transformado por esta revolução tecnológica. Primeiramente, é importante reforçar que o único equipamento capaz de realizar a depilação a LED é o Holonyak, uma tecnologia exclusiva da Adoxy.  

O Holonyak foi um marco no segmento da depilação por atender a grandes anseios dos pacientes. O primeiro que vamos citar é em relação a dor das aplicações.  
 
Leia também: Você sabe qual é a depilação definitiva mais eficiente? 

Até então o grande incômodo durante o tratamento estava entre as principais reclamações de quem faz depilação definitiva. Isso porque os equipamentos convencionais utilizam uma luz quente durante a aplicação, que é justamente como funciona a depilação a laser. Essa característica causa um grande incômodo no paciente, que pode sentir até sensação de fisgada. O Holonyak é o primeiro a utilizar uma temperatura fria no tratamento. Ela age como um efeito anestésico, tornando toda aplicação bem confortável.  

 

A democratização da depilação definitiva  

Outro grande avanço da depilação a LED é que, devido ao feixe de luz do Holonyak ter um direcionamento mais focalizado, é possível atuar de forma eficaz no pelo, sem agredir a pele. Esse é um fator muito importante para as tecnologias de depilação, já que, ao utilizarem a melanina para destruir os pelos, há uma dificuldade em diferenciar o que é pele e o que é pelo, pois ambos são pigmentados por esta substância. É por isso que as peles com mais melanina, como negras e morenas, são contraindicadas para alguns tipos de depilação definitiva, sob o risco, inclusive, de sentirem muita dor.  

Além de ter um feixe de luz mais direcionado, as temperaturas baixas mencionadas anteriormente também permitem que o Holonyak consiga atender estes pacientes não só de forma eficaz, como também confortável e segura.  

 

Qual tratamento é mais rápido?

Para encerrar, vamos reforçar outro grande diferencial do Holonyak: o fim das sessões intermináveis. Estudos clínicos mostraram que a depilação a LED chegou a resultados expressivos a partir da terceira sessão, enquanto o laser necessitou de oito aplicações. Desse modo, para quem não quer gastar muito tempo para finalizar a depilação definitiva, o Holonyak também é um grande diferencial. Outra questão é que, como falamos acima, a capacidade de focar de forma mais eficaz no pelo faz com que as sessões sejam muito mais rápidas, já que não há necessidade de passar o equipamento várias vezes no mesmo lugar. 

Enfim, agora que você já entendeu como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, sabe que o equipamento utilizado faz toda diferença no seu conforto durante o tratamento! Por isso, antes de fazer a sua depilação definitiva, verifique sempre se a franquia ou clínica utiliza o Holonyak. Se informar sobre a tecnologia é fundamental para quem busca procedimentos que sejam realmente eficazes. Afinal, ninguém merece investir dinheiro e não chegar ao resultado desejado, não é mesmo? 

Para descobrir a depilação a LED mais perto de você, entre em contato: atendimento@adoxy.com.br 

Mulheres e homens que se depilam constantemente com lâmina ou cera costumam ter inconvenientes em comum: dores, irritações na pele, além de sempre verem o pelo crescer com força total pouco tempo depois. É por isso que a disseminação da depilação definitiva foi um divisor de águas.

Neste post, vamos explicar como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, as duas técnicas mais importantes do segmento, e mostrar a importância de sempre verificar o equipamento utilizado antes de fechar o tratamento com a clínica. 

 

Como funciona a depilação a laser e a depilação a LED 

Os equipamentos de depilação a laser e a LED são capazes de emitir fontes de luz que danificam a estrutura de nutrição dos pelos. Uma vez danificado, aquele pelo nunca mais volta a crescer. Para que essa energia seja conduzida, é necessária a presença de melanina, substância responsável pela sua pigmentação. É por este motivo, por exemplo, que a depilação definitiva ainda não pode ser feita em pelos brancos.  

Os pelos possuem três fases de crescimento. É justamente durante a fase anágena, ou seja, o período em que ele está se desenvolvendo, que o tratamento é eficaz. Por isso, não é recomendado fazer nenhum procedimento que remova os pelos pela raiz durante as sessões de depilação definitiva, como cera ou pinça.  

 

Como houve a revolução na depilação definitiva? 

Agora que você já entendeu como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, vamos explicar de que forma o setor foi transformado por esta revolução tecnológica. Primeiramente, é importante reforçar que o único equipamento capaz de realizar a depilação a LED é o Holonyak, uma tecnologia exclusiva da Adoxy.  

O Holonyak foi um marco no segmento da depilação por atender a grandes anseios dos pacientes. O primeiro que vamos citar é em relação a dor das aplicações.  
 
Leia também: Você sabe qual é a depilação definitiva mais eficiente? 

Até então o grande incômodo durante o tratamento estava entre as principais reclamações de quem faz depilação definitiva. Isso porque os equipamentos convencionais utilizam uma luz quente durante a aplicação, que é justamente como funciona a depilação a laser. Essa característica causa um grande incômodo no paciente, que pode sentir até sensação de fisgada. O Holonyak é o primeiro a utilizar uma temperatura fria no tratamento. Ela age como um efeito anestésico, tornando toda aplicação bem confortável.  

 

A democratização da depilação definitiva  

Outro grande avanço da depilação a LED é que, devido ao feixe de luz do Holonyak ter um direcionamento mais focalizado, é possível atuar de forma eficaz no pelo, sem agredir a pele. Esse é um fator muito importante para as tecnologias de depilação, já que, ao utilizarem a melanina para destruir os pelos, há uma dificuldade em diferenciar o que é pele e o que é pelo, pois ambos são pigmentados por esta substância. É por isso que as peles com mais melanina, como negras e morenas, são contraindicadas para alguns tipos de depilação definitiva, sob o risco, inclusive, de sentirem muita dor.  

Além de ter um feixe de luz mais direcionado, as temperaturas baixas mencionadas anteriormente também permitem que o Holonyak consiga atender estes pacientes não só de forma eficaz, como também confortável e segura.  

 

Qual tratamento é mais rápido?

Para encerrar, vamos reforçar outro grande diferencial do Holonyak: o fim das sessões intermináveis. Estudos clínicos mostraram que a depilação a LED chegou a resultados expressivos a partir da terceira sessão, enquanto o laser necessitou de oito aplicações. Desse modo, para quem não quer gastar muito tempo para finalizar a depilação definitiva, o Holonyak também é um grande diferencial. Outra questão é que, como falamos acima, a capacidade de focar de forma mais eficaz no pelo faz com que as sessões sejam muito mais rápidas, já que não há necessidade de passar o equipamento várias vezes no mesmo lugar. 

Enfim, agora que você já entendeu como funciona a depilação a laser e a depilação a LED, sabe que o equipamento utilizado faz toda diferença no seu conforto durante o tratamento! Por isso, antes de fazer a sua depilação definitiva, verifique sempre se a franquia ou clínica utiliza o Holonyak. Se informar sobre a tecnologia é fundamental para quem busca procedimentos que sejam realmente eficazes. Afinal, ninguém merece investir dinheiro e não chegar ao resultado desejado, não é mesmo? 

Para descobrir a depilação a LED mais perto de você, entre em contato: atendimento@adoxy.com.br 

LEIA MAIS

conheça as vantagens de contar com um aparelho de ultracavitação

O Que é e Para

O aparelho de ultracavitação é um ultrassom de baixa frequência...

Participe da discussão

3 comentários

  1. Boa tarde

    Quero mais informações sobre a depilação a lad

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail