Depilação com cera e lâmina: os vilões da saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Depilação com cera

A gente não se conhece, mas tenho certeza que possuímos algo em comum: o desejo de acordar totalmente livre dos pelos indesejados. No entanto, vestir aquele biquíni ou blusinha, sem se preocupar com os pelinhos aparecendo, nem sempre é uma tarefa fácil. Grande parte dos métodos disponíveis, além de muito dolorosos, não são duradouros. Ou seja, a gente investe tempo e dinheiro, mas eles sempre acabam voltando…  Além disso, este não é o único ônus de técnicas como a depilação com cera e com a lâmina.

Dessa forma, separamos neste post 3 riscos dos procedimentos convencionais, que podem estar ameaçando a sua saúde. Informe-se sobre como cuidar bem do seu corpo!

1) Os perigos ocultos da lâmina de barbear

Por não ser tão dolorosa quanto a depilação com cera, e bem mais prática que os outros métodos, a lâmina acaba sendo a primeira opção de muita gente. Mas é o famoso “barato que sai caro”. Isso porque quem opta por este tipo de depilação está acostumado a gastar muito com lâminas e, ainda assim, ver os pelos crescendo com força total poucos dias depois. Às vezes, a pele fica tão sensível que a gente precisa deixar os pelinhos lá, até conseguir retirá-los de novo, não é mesmo?

+ Desvendamos dez mitos sobre o seu corpo. Confira!

Mas esse não é o único perigo das lâminas de barbear. O seu grande risco está, sobretudo, na capacidade de agredir a pele. Por exemplo, por costumar ficar em locais úmidos, como o banheiro, ela acumula fungos e bactérias que causam infecções, como a foliculite. Além disso tudo, seu uso pode ocasionar irritações, cortes, descamações, bem como o encravamento do pelo.

Se, apesar de tudo, você ainda optar por este método, lembre-se: nunca compartilhe a lâmina com outra pessoa, sempre a higienize bem, guarde em locais secos, além de não usar o produto se estiver velho ou enferrujado.

2) Depilação com cera: dolorosa e perigosa

A mulher que já fez uma sessão de depilação com cera sabe o quanto este método é extremamente doloroso. No entanto, este não é o único contra da técnica. Primeiramente, o uso da cera quente pode causar queimaduras, além de aumentar o risco do aparecimento de manchas escuras na pele.

Por consequência, o estabelecimento que vai realizar a depilação deve ser escolhido com cuidado, já que, dependendo do tipo de produto, aumentam os riscos do aparecimento de alergias. Ademais, a depilação com cera deixa a pele mais vulnerável a infecções, sobretudo se for feita na região íntima.

3) Cremes depilatórios e linha são alternativas?

Entre os tipos de depilação, estão os cremes depilatórios. Decerto, é um método mais prático, que pode ser feito em casa. Entretanto, por terem muita química, eles podem desencadear reações alérgicas. Portanto, antes de usá-lo, faça sempre um teste em uma pequena região do seu corpo. Além disso, também há riscos de alergias, irritações e queimaduras. Dessa forma, é importante evitar áreas sensíveis, usar boas marcas e sempre verificar a data de validade do produto.

Em síntese, por não usar química, a linha pode ser um bom método de depilação, apesar de um pouco dolorosa. A técnica é indicada, sobretudo, para regiões pequenas, como o rosto.

4) Avalie a opção da depilação definitiva

Depilação com cera, lâmina, cremes… Já vimos aqui que, embora pareçam práticas, essas técnicas só nos fazem gastar dinheiro, com resultados que não são duradouros e, acima de tudo, prejudicam a nossa saúde. Uma alternativa é apostar em métodos de depilação definitiva. Atualmente, com avanço da estética de alto impacto, é possível encontrar procedimentos praticamente indolores, seguros e com resultados extremamente eficazes.

São desde técnicas mais antigas, como a luz pulsada e o laser, até procedimentos mais avançados, como o LED, que é considerado mais eficiente pois precisa, sobretudo, de um número bem menor de sessões para eliminar os pelos. Além disso, tem uma aplicação mais confortável para o paciente na comparação com os demais métodos.

De fato, eles são ideais para quem deseja se livrar da preocupação dos pelos indesejados, afinal, certamente tem coisa mais importante pra gente ocupar o tempo do que com sessões de depilação que não funcionam, não é mesmo?

LEIA MAIS

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail