Criolipólise funciona? Entenda o tratamento!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Esse post é para você que tem dúvidas sobre o procedimento de Criolipólise. Será que a criolipólise funciona? Separamos alguns tópicos para que você entenda o tratamento!

Considerada uma “lipoaspiração” não invasiva, está sendo cada vez mais procurada devido aos resultados impactantes.

O tratamento que consiste na eliminação das temidas gordurinhas localizadas, tem como resultado o remodelamento do corpo. Sendo assim, muitas pessoas estão alcançando o corpo dos sonhos devido a essa nova tecnologia.

Se você quer saber tudo sobre a criolipólise e entender se ela realmente funciona, não deixe de ler o artigo completo!

Criolipólise funciona? Entenda o tratamento!

Antes mesmo de entendermos como funciona a criolipólise, é preciso entender como o nosso corpo elimina gordura, e qual a diferença desse processo para a criolipólise.

Quando você faz uma dieta, pratica exercícios o seu corpo realiza um processo chamado de lipólise. E o que é a lipólise? A sua gordura corporal é mobilizada e liberada, uma vez que isso acontece ela é removida para a corrente sanguínea, servindo como energia para o funcionamento celular. Quando a molécula de gordura já está dentro da célula ela vai produzir o famoso ATP, que é o combustível celular. Se essas células não usarem toda essa gordura que foi liberada, ela voltará como gordura corporal.

Ou seja, o processo natural de emagrecimento não é definitivo. Suas células de gordura “esvaziam” quando você emagrece, e caso você ganhe peso elas “incham” novamente.

E qual a diferença entre o emagrecimento “normal” para a Criolipólise?

Primeiro, a Criolipólise não é um processo de emagrecimento, é indicado para gordura localizada, aquela que você não consegue se livrar. Por exemplo, a famosa pochete, que atormentam até as pessoas mais magras, interno de coxa, quem nunca se incomodou com aquelas gordurinhas no braço também?

Seu funcionamento se dá a partir do congelamento das células de gordura, o que significa que elas são destruídas e expelidas do organismo através de um processo inflamatório natural do nosso organismo. Para isso, o manípulo aplicador exerce uma pressão negativa na pele, feito um vácuo, sugando-a junto com uma parcela de tecido adiposo. Junto a isso, a ponteira de Criolipólise atinge temperaturas extremamente baixas, podendo chegar a -15ºC. Essa combinação é letal para as células de gordura, uma vez que elas são sensíveis a baixas temperaturas.

Como falamos no início do texto, não é um tratamento invasivo, após a sessão a pele pode ficar avermelhada e a área um pouco dolorida, mas a paciente pode seguir sua rotina normalmente.

A crio, como é conhecida, pode ser realizada em diversas áreas do corpo. A ponteira utilizada no tratamento é adaptada para cada região do corpo, então, existem ponteiras que podem ser utilizadas no abdômen, flancos, costas, enquanto outras podem ser utilizadas nos braços, interno de coxas temos também ponteiras que podem ser utilizadas em regiões íntimas como o púbis e na papada.

Agora que você já sabe como o tratamento funciona, vamos falar sobre os resultados esperados. Veja a seguir!

Resultados do procedimento: criolipólise realmente funciona?

Como você viu, o processo da crio é diferente do tradicional e, por não depender de cirurgia, muitas pessoas sentem receio sobre sua eficácia. 

É claro que o resultado depende muito do organismo de cada pessoa, a redução de gordura chega até 25%, quando realizada a criolipólise convencional e até 83% quando realizada a criolipólise 360º. 

Por que toda essa diferença?

A resposta é simples, a crio convencional possui uma ponteira com duas regiões de resfriamento, então quando a pele é sugada pelo manípulo tem áreas que ficam mais em contato com a placa resfriada do que outras. Já a criolipólise 360º, toda a cavidade da sua ponteira é resfriada, sendo assim, toda pele que está no manípulo entrará em contato com o resfriamento, aumentando e potencializando os resultados.

Criolipólise Dói?

Não, no início do procedimento o paciente pode sentir um leve desconforto, depois essa sensação diminui.

Claro que deve ser levado em conta a sensibilidade de cada paciente, um pode sentir mais desconforto do que o outro.

De quanto em quanto tempo preciso fazer Criolipólise?

Diferente de outros tratamentos estéticos, a Criolipólise não é um tratamento semanal, quinzenal ou até mesmo mensal. Seu resultado é progressivo e pode demorar até 3 meses para chegar ao seu pico, por isso é importante esperar pelo menos esse período para avaliar se precisa de uma outra sessão ou não.

Veja agora como potencializar o resultado da crio.

Manutenção da crio

É  preciso fazer aquilo que você já faria a fim de perder ou diminuir a gordura localizada sem um tratamento estético: boa alimentação + exercícios físicos.

Para que a crio dê bons resultados, é importante comer de forma saudável e mais leve, evitando produtos industrializados, açúcar e gordura, e praticar exercícios regularmente.

Afinal, a criolipólise serve para acabar com os pneuzinhos. Sendo assim, ao parar com os cuidados, toda a gordura localizada perdida pode voltar.

Neste artigo você viu tudo sobre a criolipólise, tratamento estético que está fazendo a cabeça de quem sonha com o corpo perfeito.

Quer ver mais conteúdo como esse e retirar dúvidas sobre o mundo da estética? Acesse nosso blog!

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail