Lipocavitação ou criolipólise? Conheça os vilões da gordura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
lipocavitação ou criolipólise

Você já se sentiu frustrada por não conseguir eliminar aquela gordura localizada insistente, mesmo mudando seus hábitos? Essa característica, que persiste no seu corpo mesmo com tanto esforço físico e alimentar, te deixa triste com a sua aparência? Graças à estética de alto impacto, não precisamos mais conviver com detalhes que nos impedem de nos sentirmos bem ao olharmos no espelho: é possível sim dar adeus definitivamente à gordurinha, com resultados comprovados, sem precisar fazer nenhuma cirurgia para isso. Hoje, vamos explicar a diferença entre duas técnicas bem conhecidas. Afinal, lipocavitação ou criolipólise: qual procedimento escolher?

Se você já decidiu dar esse passo em direção ao seu bem-estar, porém ainda está com dúvidas sobre qual tecnologia optar, vamos detalhar as particularidades de cada tratamento e como eles podem resolver seu problema de vez!

Lipocavitação ou Criolipólise: qual a diferença entre as duas?

As duas técnicas são indicadas para reduzir gordura localizada e conquistar uma maior harmonização corporal. São considerados tratamentos não invasivos, ou seja, para conseguir esse objetivo, não realizam nenhum corte no corpo. E sim, são tratamentos com resultados comprovados cientificamente!

Lipocavitação: como atua?

Na lipocavitação, o combate à gordura é feito através de ondas emitidas por um aparelho de Ultrassom. Para isso, o terapeuta passa um manípulo na área a ser tratada, que emite ondas capazes de penetrar nas células de gordura. Dessa forma, elas explodem e são eliminadas pelo organismo.
Para que isso aconteça, é importante que o tratamento seja associado a exercícios físicos, de modo a efetivar a eliminação da gordura.

A grande vantagem de realizar o procedimento com uma tecnologia Adoxy, no caso o Hybrius, é que são utilizadas outras duas técnicas simultaneamente no processo de combate à gordura localizada: a radiofrequência e o lipoled. Assim, é possível conquistar resultados de mais impacto!

Criolipólise: como atua?

Já na criolipólise, é colocado um manípulo na área-alvo, que emite uma  pressão negativa e expõe as células de gordura ao resfriamento ou congelamento controlado. Como são sensíveis ao frio, elas morrem e também são eliminadas do organismo.

Diferente do que muitos sites dizem, a criolipólise também pode ser feita em diversos locais do corpo, além do abdômen. Para isso, é claro, é preciso checar a tecnologia utilizada pela clínica. O Asgard, por exemplo, possui manípulos desenvolvidos para cada área, podendo tratar desde regiões pequenas; como papada, até aquelas com pouca gordura, através do manípulo de placas, que não precisa realizar a sucção durante o procedimento.

Quantas sessões são necessárias?

Agora que você já entendeu como funciona a lipocavitação ou criolipólise, vamos falar sobre o procedimento! Cada plano de tratamento tem particularidades dependendo do paciente. No caso da criolipólise, ele costuma ser de uma sessão por área, com duração de 40 minutos a uma hora. O resultado final pode ser visto em até três meses, que é o tempo que o corpo continua eliminando a gordura localizada.

Leia também!
Massagens para gordura localizada funcionam? Tire suas dúvidas!
Como perder gordura localizada com 6 dicas

Já na lipocavitação com o Hybrius são necessárias, em média, de 6 a 8 sessões, com duração de cerca de 30 minutos. Nos dois casos, é possível voltar à rotina imediatamente após a sessão. Importante reforçar, ainda, que as duas técnicas são totalmente seguras, se feitas com um profissional qualificado e com uma tecnologia de confiança.

Lipocavitação ou criolipólise, qual escolher?

A escolher entre a lipocavitação ou criolipólise vai depender muito das necessidades de cada paciente. Os dois tratamentos possuem inúmeras vantagens. A criolipólise, por exemplo, consegue eliminar até 82% das células de gordura com a tecnologia de criolipólise 360º, exclusividade da Adoxy.

Já o tratamento com o Hybrius proporciona reduções imediatas, pois promove o esvaziamento da célula de gordura durante a sessão.

O ideal é conversar com o profissional responsável, que vai indicar o melhor tratamento para você! Ainda tem dúvidas? Deixe aqui nos comentários.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail