Como aumentar o score? Entenda seu perfil financeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
aumentar o score

Como anda o seu score junto aos mecanismos de proteção de crédito? Empreender é uma tarefa que pode não ser fácil para todos, principalmente quando falamos da questão financeira de um negócio. Muitas vezes por possuir um score baixo, você perde a oportunidade de investir em novas tecnologias para a sua clínica de estética. 

Mas, afinal, como aumentar o score? Continue a leitura para ver estratégia e cuidados.

Como funciona o score?

A inadimplência de pessoas jurídicas pode ser uma realidade em clínicas de estética. Sem crédito, empresas do setor de beleza e bem-estar correm o risco de perder oportunidades de investir em tecnologia e acabam deixando de ganhar mais dinheiro.

Quando falamos da parte financeira de uma empresa, muitos empreendedores ficam aflitos. As questões burocráticas são tantas que, quando nos damos conta, a situação virou uma bola de neve. Não é à toa que uma pesquisa realizada pelo Serasa mostrou que 1,6 milhões de pessoas se tornaram inadimplentes no país no ano de 2021

Por esse motivo, existe o score: uma espécie de sistema capaz de avaliar a probabilidade de uma pessoa pagar suas contas em dia. A partir desse mecanismo, dados são gerados e podem ajudar empresas financeiras, como os bancos, a decidirem se disponibilizam uma linha de crédito ou não para determinado cliente.  

De modo geral, o score funciona como um perfil financeiro e pode ser consultado por empresas e bancos, caso eles precisem realizar uma avaliação de um determinado perfil. Essa consulta acontece antes de se aprovar um financiamento, um empréstimo e até mesmo um cartão de crédito. 

Dentro desse perfil, existe uma pontuação entre 0 e 1.000 que indica a probabilidade de uma pessoa – física ou jurídica – pagar suas contas em dia. Quanto mais próxima estiver de 1.000, maior a chance de ter o crédito aprovado. Essa pontuação possui determinadas faixas: 

  • 0 a 300 – nessa faixa, estima-se que 54% das pessoas pagam suas contas em dia, resultando em um alto nível de inadimplência, por isso pode ser mais difícil conseguir crédito.
  • 301 a 500 – nessa faixa, em média, 82 entre 100 pessoas pagam suas contas em dia, resultando em um médio nível de inadimplência, por isso pode ser um pouco difícil conseguir crédito.
  • 501 a 700 – nessa faixa, em média, 92% das pessoas pagam suas contas em dia, por isso pode ser mais fácil conseguir crédito.
  • 701 a 1.000 – nessa faixa, em média, 96 entre 100 pessoas pagam suas contas em dia, resultando em um baixo nível de inadimplência, por isso pode ser fácil conseguir crédito.

O que fazer para aumentar o score?

Se o score pode impactar diretamente em um financiamento e também em um cartão de crédito, a baixa pontuação significa que fica difícil adquirir, por exemplo, novas tecnologias para a sua clínica de estética. Por esse motivo, é importante sempre estar atento quanto à pontuação do score. 

Para o diretor financeiro da Adoxy, Wilian Matias, antes de procurar um financiamento é importante entrar em contato com o gerente da conta para ter uma noção de como está o seu score. Muitos futuros clientes não sabem que possuem score baixo, ou até mesmo, que o nome está com restrição e ficam frustrados com uma negativa da financeira, conforme explica Wilian.

Investir em novas tecnologias no mercado da estética pode ser o caminho para melhorar os resultados dos pacientes e aumentar o faturamento de sua clínica. Entretanto, a organização deve ser a peça-chave para que isso seja feito de tal forma que não descapitalize o caixa do seu negócio. De acordo com Wilian, os financiamentos são uma forma atraente para que a empresa consiga investir em novos produtos e serviços sem se descapitalizar. 

Já para quem consegue a linha de crédito, a grande vantagem está na definição de um prazo para efetuar o pagamento. Algumas instituições financeiras, por exemplo, têm um prazo inicial de 180 dias de carência para a primeira parcela e até 60 meses para quitar o investimento. Alguns clientes da Adoxy, segundo Wilian, utilizaram esse prazo para se capitalizar durante o período de carência e agora estão adquirindo o segundo equipamento. 

É importante sempre estar de olho no histórico financeiro, considerando o pagamento de créditos realizados e também se já esteve em situação de negativação. Segundo o Serasa, abrir um cadastro positivo também pode ajudar no aumento do score.

De modo geral, quem deseja aumentar o score precisa apostar em uma educação financeira, dessa forma é possível aproveitar as vantagens do financiamento.

Cuidados para não deixar o score baixo

Há também, algumas dicas valiosas para não deixar o score ficar ainda mais baixo. Você sabia que pedir para diferentes pessoas consultarem a sua pontuação pode fazer ela diminuir? Toda vez que uma empresa consulta o seu CPF, essa informação é adicionada ao seu perfil e o sistema entende que em breve sua renda estará comprometida. 

Além disso, outras ações, ainda que simples, também podem atrapalhar a sua pontuação. Por exemplo, quando você possui um cartão de crédito, o limite significa um compromisso, desta forma, o sistema entende que aquela quantia já está comprometida dentro da sua renda. Quando a pessoa tem mais de um cartão, o valor de cada limite é somado e indicado no perfil, diminuindo assim a margem que teria de crédito. Vale ressaltar que, caso haja algum financiamento ou empréstimo, eles também entram como compromissos de crédito no seu perfil. 

A evolução financeira deve ser sempre o foco. Quanto mais jovem é o consumidor – seja pessoa física ou jurídica –, mais recente é o seu relacionamento com o mercado financeiro, por esse motivo, é importante construir uma relação saudável e um histórico de crédito positivo, para que, com o passar dos anos, seja mais fácil conseguir crédito. 

O diretor financeiro da Adoxy aconselha que o mais importante é manter seu nome limpo e acompanhar o score. Ele explica ainda que a Adoxy conta com mais de cinco linhas de crédito, porém, para a compra, é preciso que o cliente esteja com o nome limpo e tenha um bom score. A boa nota facilita a aprovação do financiamento e a realização do sonho de ter uma tecnologia de estética avançada em seu negócio. 

Ficou com alguma dúvida sobre score ou quer mais dicas sobre empreendedorismo no ramo da estética? Deixa aqui nos comentários que a Adoxy te responde! 

Para mais conteúdos como esse acesse o nosso blog.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail