Como perder gordura localizada com 6 dicas

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Há diversas causas para gordura localizada, sendo um problema persistente durante o processo de emagrecimento. Por isso, é comum que você busque métodos específicos para lidar com ela – e como perder gordura localizada?

Em geral, ela é resultado da falta de cuidado correto com a alimentação saudável e exercícios. Um pequeno desvio nessas práticas e o peso que você perdeu pode retornar como uma barriguinha maior e pneuzinhos.

Veja agora algumas dicas para prevenir e combater esse problema! 

O que é gordura localizada?

“A gordura localizada é uma característica que pode surgir por diferentes vias: pela genética, pelos hábitos alimentares, pela falta de exercícios e pela postura corporal.”

A gordura localizada se trata do enchimento de depósitos de gordura em regiões específicas: abdômen, flancos, culotes, costas, braços etc. Em geral, acontece nas áreas mais flácidas do corpo.

Como ela se forma?

Após processos de emagrecimento (dieta, exercícios físicos), o corpo ativa um processo chamado lipólise, onde a gordura corporal é metabolizada e liberada na corrente sanguínea.

Com isso, a gordura age como energia para funcionamento celular, produzindo dentro da célula o ATP, que é um combustível celular. Contudo, há um problema: se as células não usarem essa gordura, ela retorna como gordura corporal.

Dessa forma, surgem os depósitos em regiões como barriga, cintura, abdômen, culote, coxas etc. Eis o surgimento da gordura localizada, um vilão que impede o emagrecimento pleno.

Quais são as causas da gordura localizada?

Há diversas causas para gordura localizada, podendo ser:

  • Histórico familiar de gordura;
  • Genética;
  • Hábitos alimentares ruins;
  • Sedentarismo;
  • Má postura.

Muitos acabam ficando frustrados com as dificuldades de perder peso, vendo que as dietas e exercícios não surtem efeito pleno. Acontece que, para ocorrer perda de peso plena, deve-se adotar cuidados diários, bons hábitos alimentares e outras atitudes.

Como perder gordura localizada em 6 dicas

O tratamento para gordura localizada envolve diversos processos pequenos e grandes: de cuidados diários e bons hábitos alimentares até atividades físicas. O resultado é a melhora da sua autoestima e maior ânimo para permanecer com o peso controlado.

Confira agora o que você deve fazer para perder a gordura localizada na barriga!

Tomar cuidados diários em sua rotina

Para lidar com a gordura localizada, há dois grandes cuidados diários que você deve tomar: psicológicos e físicos.

1. Psicológicos: lide com a ansiedade e nervosismo

Você já se sentiu mais faminto quando estava nervoso ou ansioso? Pois bem, isso é uma reação natural após o corpo ficar abalado emocionalmente. Alguns alimentos ajudam na liberação de endorfina, um hormônio que gera “felicidade”.

Separamos outras leituras que podem te interessar!
Massagens para gordura localizada funcionam?
Qual é o melhor tratamento para gordura localizada?
Tudo sobre Criolipólise: o que é e como funciona!

Comemos para ficar “felizes” e, ao engordar, ficamos insatisfeitos, o que nos faz querer comer de novo. Esse é um ciclo vicioso, difícil de sair e que requer tratamento médico, além de mudanças em como a pessoa se relaciona com a comida. 

2. Físicos: pratique exercícios diariamente

Durante a lipólise, a gordura se torna energia para as células. Se você não busca ter gordura localizada na barriga – e em qualquer outra parte – deve praticar atividades físicas diariamente. Os exercícios aeróbicos, como bicicleta, corrida e natação, são os mais indicados para combater o problema.

Mesmo que seja apenas uma corrida, você deve gastar a energia gerada pela lipólise!

3. Melhore os seus hábitos alimentares

Outro grande tratamento para gordura localizada é ajustar os seus hábitos alimentares.

Uma atitude comum por quem quer emagrecer é comer menos durante o dia. Contudo, isso torna o metabolismo mais lento, o que acaba tornando nosso organismo mais econômico e gastando menos energia.

Por isso, o ideal é comer de 3 em 3 horas em pratos controlados, de forma que o metabolismo aumente e seja gasta a energia. Outra abordagem que também é recomendada pelos nutricionistas é o jejum intermitente. No entanto, é preciso que ele seja feito com acompanhamento profissional, para que você coma os nutrientes necessários antes e depois do jejum. 

4. Demonstre ao seu cérebro que está satisfeito

Há duas medidas que podem garantir que você coma menos e que, consequentemente, não produza gordura localizada na barriga:

  • Levante-se antes de sentir que está satisfeito;
  • Coma devagar.

Essas duas pequenas ações contribuem para que haja tempo da informação que você mandou chegar ao cérebro e ele retornar com uma resposta: a saciedade.

5. Escolha bem sua alimentação

Busque alimentos de baixa carga glicêmica, como arroz integral e maçã, e ricos em fibra. Trabalhe com mais frutas, legumes e verduras e menos alimentos muito calóricos no cardápio.

6. Tratamentos de alto impacto

Existem alguns tratamentos não invasivos que têm resultados de alto impacto no combate à gordura localizada. Anote alguns deles: 

Criolipólise: auxilia no processo de emagrecimento e pode eliminar até 82% da gordura localizada;
Terapia Híbrida: além de combater a gordura, pode tratar outras afecções simultaneamente, como flacidez.
Andrus Criofrequência: pioneiro a ter resultados comprovados cientificamente. 

Conclusão

Para quem busca emagrecer, a gordura localizada é um dos principais empecilhos. Para lidar com ela, você deve combinar cuidados diários, melhorar hábitos alimentares e apostar em atividades físicas e em tratamentos de alto impacto. 

Ainda tem dúvidas sobre como pode eliminar esse vilão da sua vida? Fale com a Adoxy no Instagram!

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail