Conheça 3 Tipos de Depilação Feminina Para a Sua Clínica

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

A depilação feminina é uma questão extremamente importante para a maioria das mulheres. Com o passar dos anos, as técnicas e os métodos depilatórios vão inovando e tornando-se mais eficientes. 

Confira no artigo três técnicas que você pode ter na sua clínica, incluindo as vantagens e desvantagens delas!

3 técnicas de depilação feminina

Muitas mulheres se incomodam com os indesejáveis pelinhos do corpo e, como alternativa, acabam optando pela famosas lâminas. 

É fato que para quem espera um resultado rápido e indolor elas são eficientes. Porém, elas agridem a pele, engrossam os pelos e deixam manchas escuras na axila, por exemplo, com o passar do tempo. 

Hoje em dia, existem diversos métodos quando o assunto é depilação feminina, que podem ser temporários ou definitivos. Sobretudo, elas visam trazer mais conforto na hora da sessão, proteger a pele e tornar a experiência mais agradável.

Confira três novidades que precisam estar na sua clínica ou centro estético:

1. Luz pulsada

As mulheres não depilam apenas pernas e axilas. Buço, sobrancelha e virilha também são partes extremamente visadas. 

Para todas as situações, é possível oferecer a luz pulsada, que utiliza um aparelho conhecido como fotodepilação. A técnica é indicada para pessoas que sentem muita dor na hora da depilação e desejam um resultado em longo prazo. Os efeitos duram, em média, dois anos. 

Vale notar que a luz pulsada não garante um resultado permanente. Na verdade, ela promove a lentificação do crescimento dos pelos — e não a cauterização do bulbo (raiz). 

2. Laser

O laser é capaz de penetrar nas camadas mais profundas da pele e é considerado um método mais agressivo do que o anterior. É importante saber que ele não funciona em peles morenas, bronzeadas e negras, pois ele consiste em eliminar pelos que não possuem tanta melanina. 

A técnica não possui sistemas de segurança para essas pessoas. Como a melanina é um pigmento atraído pela luz, na pele negra, ela está presente no pelo e na pele. Ou seja, o laser acumula energia na pele — o que não é o objetivo. 

É um tratamento bastante eficiente, uma vez que dura, em média, cinco anos! Porém, há um pequeno incômodo por quem opta fazê-lo. A mulher sente como se você estivesse tomando pequenos choques na pele. 

3. Depilação a LED

A depilação a LED é certamente a mais indicada para uma clínica. Afinal, o método é moderno e é eficiente para todo tipo de pele.

Por meio dessa técnica, uma pessoa de pele branca e pelos escuros consegue perceber os resultados já nas primeiras três sessões. Porém, esse não é o tratamento completo – que tem média de seis ou oito sessões. Vale notar que o número de procedimentos varia de acordo  com a espessura e cor do pelo, além da tonalidade da pele. 

O Holonyak, aparelho exclusivo da Adoxy, por exemplo, é seguro, gera conforto durante a sessão e faz uso da luz fria ao invés da quente — que pode causar queimaduras pelo corpo. Portanto, mulheres que têm a pele sensível podem ficar despreocupadas.

Para as clínicas, o aparelho traz como benefício não precisar de tanto tempo em assistência técnica, utilizar tecnologia limpa – o que diminui o gasto com combustíveis – e garantir mais rentabilidade.

Gostou de conhecer um pouco sobre as técnicas disponíveis para a depilação feminina? Conheça todos os produtos da Adoxy no nosso site! 

LEIA MAIS

conheça as vantagens de contar com um aparelho de ultracavitação

O Que é e Para

O aparelho de ultracavitação é um ultrassom de baixa frequência...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail