5 Benefícios Da Radiofrequência e Por Que Oferecê-la Em Sua Clínica

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
confira os benefícios da radiofrequência

A radiofrequência foi usada pela primeira vez no século XIX pelo físico francês Jacques-Arsène D’Ansorval. A técnica evoluiu muito de lá para cá, sendo notados diversos benefícios da radiofrequência para o tratamento da flacidez, rugas, linhas de expressão, gordura localizada e a celulite.

Sendo assim, esse é um ótimo aparelho para oferecer em sua clínica, uma vez que é possível tratar diversas questões com um só tratamento!

Quais os benefícios da radiofrequência?

O equipamento da radiofrequência é um gerador de ondas eletromagnéticas que faz uso de manípulos aplicadores (ou ponteiras) que possibilitam a passagem dessas ondas.

Ao trabalhar com esse aparelho em seus clientes, os resultados podem ser observados já no início do tratamento, logo após as primeiras sessões.

Saiba mais benefícios da radiofrequência para cada tratamento:

1. Melhora no aspecto da celulite

A radiofrequência atua na inflamação causada pela celulite no tecido adiposo (tecido que armazena gordura). Como o principal pilar da celulite é esse armazenamento de gordura, ele faz com que o aspecto da pele melhore.

Existem diversos tipos de celulite, sendo que o tratamento não é igual para todos.

Na celulite flácida, o objetivo da radiofrequência também é a formação de colágeno, para melhor firmeza e sustentação da pele, reduzindo o “aspecto celulitico”.

Já na celulite compacta, a radiofrequência, em temperaturas mais baixas, tem como objetivo reduzir a fibrose e promover mais maleabilidade ao tecido através do efeito fibrinolítico. Além disso, o método também funciona como uma drenagem linfática, que estimula o corpo a eliminar o excesso de fluidos na região afetada, diminuindo o inchaço.

2. Redução de estrias

O aparelho faz um dano físico nas estrias, lesionando o tecido que, a partir desse estímulo, renova a pele e minimiza o tamanho das linhas.
Além disso, com o uso da radiofrequência a produção de colágeno na pele aumenta e, com isso, surge a ativação dos fibroblastos, fazendo com que produza novas fibras colágenas.

3. Melhora na flacidez íntima

Muitas mulheres se incomodam com a flacidez na região íntima. A radiofrequência é uma boa alternativa para o tratamento desse local, pois gera um efeito “rejuvenescimento” da região, já que o colágeno e a elastina ajudam o tecido a se reestruturar.

4. Combate a gordura localizada

Os benefícios da radiofrequência para gordura localizada estão na promoção do aumento da vascularização local e a promoção da apoptose, que é a morte programada das células de gordura.

Esse calor profundo atua diretamente na célula de gordura, o que melhora seu metabolismo e aumenta a oferta e a difusão de nutrientes, reduzindo o volume da área tratada.

5. Rejuvenescimento da pele

O aumento do calor proporciona a contração das fibras de colágeno e elastina da pele. Dessa forma, um colágeno adicional é formado, melhorando a tonicidade e sustentabilidade dela.

Gostou de saber os benefícios da radiofrequência? Continue acompanhando o blog da Adoxy para mais conteúdos sobre estética.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba todas as novidades
da Adoxy no seu e-mail